Cartas

30/05/2012

Bom...sinto-me um bocadinho na obrigação de prestar alguns esclarecimentos. Descansem os meus leitores fiéis e queridos, acalmem-se os meus amigos e familiares, desiludam-se os invejosos...estou viva e tudo a correr sobre rodas.
Mas tenho um trabalho, um estágio e um mestrado mesmo, mesmo a entrar em época de exames (e ainda uns projectos em mãos que depois conto) e, por isso, estou sem tempo nenhum.
Considero que não vale a pena ter um blog aberto se não posso escrever... Por isso, vamos lá ver, talvez tenha sido um bocadinho brusca vá... este blog chegou ao fim temporariamente. Assim que tiver tempo para respirar volto cá para novidades. Ok? Vá, uns beijinhos para esse lado do mundo :)

20/05/2012

Vem aí, vem aí

Mega novidade em breve! E claro, conto convosco. ;)

17/05/2012

Nao tenho acentos mas tenho de escrever isto.
Como sabem estagio numa empresa em que todos nasceram nos anos 90. Eu sou a unica dos anos 70/80.
Estao a organizar uma festa dos anos 80. Ninguem me pergunta opiniao. Eu ja desisti ha muito de a dar. No entanto, apetece-me rir com o planeamento da musica: New Kids on the Blok ou Backstreet boys.
Anos 80?? Epa pelo menos googlem!

11/05/2012

292

Ultimamente tenho-me atrasado e já não apanho o 293 para a cidade. Chegar atrasada é coisa que pela primeira vez não me incomoda. Estou num ponto de tamanha desmotivação que nem me incomodo com o relógio. E se eu sou pessoa de me incomodar com horários! Sempre achei a falta de pontualidade um equivalente de outra falta, a de respeito. Talvez por isso mesmo esteja tranquila com os atrasos dos ultimos dias do estágio: não respeito ninguém naquela empresa.
O público do 292 das 8h30 é diferente. Menos gente, mais reformados e estudantes, menos pessoal de escritório a querer chegar à cidade.
Reparei na minha colega F. a entrar no autocarro. Apesar de estarmos juntas num trabalho de grupo não me apetece falar com ela. Finjo que não a vejo e fico aliviada quando percebo que ela saiu na universidade! Ufa! Não é que não goste da moça, mas incomoda-me os comentários que ela faz sempre que me vê. Que gosta do meu casaco, que o meu anel é giro, que os meus brincos são originais, que a minha mala é espectacular, que adora a forma europeia como me visto...enfim, tudo elogios que eu agradeço mas aos quais não sei como reagir quando são repetidos inúmeras vezes.
E nisto reparo na Rapunzel a sair do autocarro...uma ruiva com o cabelo até aos joelhos. Acho que não há ninguém que aprecie um bom cabelo tanto como eu, talvez por não o ter, mas parece-me que quando passa do meio das costas, já estão um bocadinho compridos demais... Suspeito que gaste um frasco de shampoo por lavagem.
Este autocarro é uma seca. Pára em todas as capelinhas e está gelado. Este pessoal tem um problema com temperaturas. Ou está um gelo ou um inferno. Não sabem o que é o meio termo.
E não sei porquê, falar em meio termo, lembrou-me que já hoje é 5ªf, a Sue faz anos no Sábado e eu não tenho presente. Não sei o que lhe compre.
Reparo no anúncio colado num outro autocarro. Anuncia coragem, confiança e compaixão para raparigas que frequentem o Brigidine College em St Ives. Só raparigas.
Acho que nunca seria capaz de pôr uma filha minha numa escola só de raparigas. E o mesmo para um rapaz. Não é assim a vida real. No mundo temos de lidar com todos os niveis de educação e culturas. Não que eles tivessem grandes hipóteses, mas se há coisa que agradeço aos meus pais é terem-me deixado frequentar a escola pública. Nas privadas não se sabe da história do colega que não tem que comer em casa, nem daquela miúda só com 13 anos que ficou grávida, nem do outro colega cujo irmão está agarrado à coca. Já estou há mais de 20 minutos no autocarro e ainda não saí de Marsfield... Isto hoje está para durar. Eu para já aproveito para descansar os olhos.

08/05/2012

O meu post fugiu-se-me, mas mantenho o que disse


Retalho

Pingo Doce começou a cobrar custo da promoção de 50% a fornecedores


Fornecedores que não aceitem “pagar” o custo da campanha temem que os seus produtos sejam retirados dos supermercados do grupo JM.

Os fornecedores dos supermercados Pingo Doce, detidos pelo grupo Jerónimo Martins, estão a ver os seus piores receios confirmarem-se: os custos da polémica campanha de 50% de desconto em compras a partir de 100 euros, realizada no 1º de Maio, será repercutida nas facturas que os produtores vão receber nas próximas semanas.
Fontes do sector das bebidas - em que se incluem sumos, águas, vinhos, refrigerantes e bebidas espirituosas - confirmam ao Diário Económico que "a promoção, decidida de forma unilateral pelo Pingo Doce, será paga pelos fornecedores"

O resto aqui


05/05/2012

O cumbibio!

Epois que ontem lá fui a um jantarinho de expatriados portugueses e gostei muito. Muita gente, muito bem dispostos, uns já cá permanentes outros a tentar outros de passagem.
Foi um convívio muito agradável e deu para conhecer pessoas muito simpáticas e interessantes. E mais...ainda deu para descobrir algumas coincidências muito giras.
Por exemplo, com A., que é um rapaz muito conversador e agradável, tive um desentendimento facebookiano há uns meses sem saber quem ele era... Vai-se a ver e até é um excelente moço.
O P. passei o jantar inteiro a tentar descobrir de onde lhe conhecia as feições e depois concluímos que não só  já o tinha entrevistado como o convidei várias vezes para os meus programas de economia na TVI24...
A C. já a conhecia de fotos porque estudou onde eu trabalho e até já tinhamos trocado umas mensagens no FB mas foi muito positivo finalmente dar personalidade ao rosto que via no papel.

Enfim, muita animação e boa conversa. Pena que a comida ficou muito a desejar e que no meio de tanta gente não tivesse dado para conhecer ainda mais pessoas...compensou o vinho!

Aguarda-se pelo próximo e agradece-se aqui em canal aberto à Sra. Consul de quem partiu a iniciativa. Venham mais uns destes!

02/05/2012

O Zé Povinho é estúpido

Já há muito que deixei de ser de esquerda. Mas cá no fundo jamais conseguirei ser de direita. Sou uma barreirense emprestada e em terra de classe operária não há espaço para direitismos.
A pequenez portuguesa de que tanto falo manifestou-se em todo o seu esplendor no Pingo Doce, em dia de Trabalhador.
Agora, suas bestas, comparem o que pouparam hoje na carteira e o que perderam de dignidade e de direitos futuros.

01/05/2012

Obrigada J.

Todos os dias me desiludo com alguém. Todos os dias encontro pessoas mal educadas, arrogantes. Todos os dias percebo que aquela amiga ou amigo afinal não eram assim tão próximos.
Mas depois há pessoas e gestos que chegam de imprevisto que compensam tudo o que dali vem de mal.


Não se consegue ver bem, mas um daqueles cravos tem o meu nome. Pedi ao J.P.F. num comentário facebookiano de ocasião para pôr um cravo por mim no dia 25 de Abril, e ele, sem pensar duas vezes, assim o fez. Porque é uma excelente pessoa, porque desde o início me ajudou no trabalho novo quando precisei, porque viu a minha partida e o sofrimento que esta me trouxe, porque findos 15 meses continua a seguir-me aqui tão longe.
Não esqueço jamais quem me faz bem. Não esquecerei jamais este gesto. Obrigada J.P.F